Fuja do perigo com apps que mapeiam ocorrências de crimes

Fonte: Exame

app

Uma das maiores preocupações das pessoas hoje em dia é com a segurança. Principalmente nas cidades grandes, nunca se sabe quando está em um lugar inseguro, com grandes chances de sofrer um assalto ou um sequestro relâmpago, por exemplo.

Sem confiança nos métodos tradicionais de garantir a proteção das pessoas, a população passou a utilizar alguns meios alternativos de fugir de incidentes criminosos.

Os aplicativos a seguir se valem de informações coletivas para tentar ajudar as pessoas a passarem mais tranquilamente o dia-a-dia. Confira!

Onde Fui Roubado (site)

Onde Fui Roubado é um mapa coletivo com ocorrências de crimes a partir do Google Maps. O usuário deve selecionar a cidade em que deseja consultar os roubos e aí pode visualizar o mapa com os crimes.

É possível filtrar os resultados por data (escolher visualizar apenas os crimes em um determinado período) e buscar um endereço específico. Além disso, o usuário pode consultar um painel de estatísticas, com informações como ranking de objetos mais roubados e tipos de assaltos mais frequentes.

Para fazer uma denúncia, basta indicar o endereço do ocorrido, tipo de crime, data e hora, dar um título que descreva o crime, quais objetos foram roubados, se registrou boletim de ocorrência, um prejuízo estimado e o gênero (homem ou mulher do usuário.

Onde Fui Roubado é um mapa coletivo com ocorrências de crimes a partir do Google Maps. O usuário deve selecionar a cidade em que deseja consultar os roubos e aí pode visualizar o mapa com os crimes.

É possível filtrar os resultados por data (escolher visualizar apenas os crimes em um determinado período) e buscar um endereço específico. Além disso, o usuário pode consultar um painel de estatísticas, com informações como ranking de objetos mais roubados e tipos de assaltos mais frequentes.

Para fazer uma denúncia, basta indicar o endereço do ocorrido, tipo de crime, data e hora, dar um título que descreva o crime, quais objetos foram roubados, se registrou boletim de ocorrência, um prejuízo estimado e o gênero (homem ou mulher do usuário.

B.O Coletivo (iOS)

iOS

B.O Coletivo é um aplicativo para iOS que permite registrar ocorrências de crimes em um mapa coletivo com outros usuários, e também consultar as outras ocorrências nos locais que desejar. O app utiliza o GPS do dispositivo para verificar o local do usuário e já localiza-lo no mapa.

O mapa utilizado é o Google Maps e, para registrar uma ocorrência, é preciso conectar-se com o Facebook. Basta colocar o tipo de crime (furto, assalto, sequestro ou outros), a data e uma breve descrição, além do local exato.

O software ainda conta com uma seção de telefones úteis, como da Polícia, Bombeiro, SAMU, etc. Também há uma lista dos sites para registrar boletins de ocorrência online em diversos estados brasileiros.

WikiCrimes Mobile (Android e iOS)

O WikiCrimes Mobile é um aplicativo que se conecta com a base de dados do site wikicrimes.org para verificar se o local que o usuário está é seguro ou não.

No site, são cadastrados por pessoas os crimes sofridos com a sua localização. Com o app, o usuário clica em “Aqui é perigoso?” e recebe uma resposta de acordo com os parâmetros escolhidos. É possível definir o raio de distância e o período em que aconteceram os delitos para definir se o local é seguro.

Além de receber a resposta, o usuário pode ver no mapa os crimes e também a lista das ocorrências com sua descrição. Na versão paga do aplicativo, que custa US$ 0,99, também há informações do governo em relação aos delitos, tornando mais confiáveis as informações sobre a segurança de um local.

[Infográfico] O crescimento das redes sociais

Este infográfico divulgado pelo Search Engine Journal  ajuda a analisar melhor  o crescimento das mídias sociais nos últimos cinco anos. Duas curvas vertiginosas me chamaram atenção:  Users timelineque demonstra a quantidade de usuários que utilizam as redes sociais; e Social Media Visitor Growth: Evolution, muito interessante observar como o Facebook cresce espantosamente enquanto oMyspace perde a liderança do mercado.

Veja o infográfico completo. (Clique para ampliar)

social-media-black-637x5603

 

Anotomia do Website Perfeito

Apesar de pretensioso o título da publicação, o infográfico a seguir mostra uma série de informações que devem ser levadas em conta no momento de se projetar um website. Desde aspectos técnicos para a construção da página (SEO, Analytics etc.), ao comportamento do usuário, usabilidade e preferências individuais.

Como se livrar da Ansiedade de Informação

por Mauro Amaral

Com pequenas mudanças nos seus hábitos online é possível tornar seu dia mais produtivo

A informação está em todos os lugares: no seu celular, notebook, tablet. Se antigamente só o Orkut já tinha o poder de nos viciar, como administrar a quantidade de redes sociais disponíveis e as várias contas de email que criamos?

O desejo por informação está enraizado na nossa busca por notícias e novidades em nossos perfis online – sem contar quando a informação aparece mesmo sem ser solicitada na forma de pop-ups e notificações.

A nossa atenção acaba ficando voltada exclusivamente para o computador – e quando estamos longe dele parece que nos desconectamos do mundo.

O diagnóstico

Será que sua relação com a informação é normal ou você pode se considerar um ansioso? Vamos aos principais sintomas!

  • Ao acordar, e antes de dormir, tem o hábito de verificar seus emails e redes sociais;
  • Não consegue largar o computador para fazer outras atividades, como exercícios físicos, ou encontrar pessoas;
  • Está sempre mexendo no celular quando está longe de casa ou do trabalho;
  • Vive criando posts no Facebook ou Twitter, mesmo quando está com outras pessoas;
  • Fica ansioso se está completamente desconectado por alguns minutos;
  • Não consegue se imaginar desconectado ao longo de um dia inteiro.

Se você se encontrou em uma ou mais dessas situações, e quer mudar, aprenda algumas técnicas que vão te ajudar a lidar com seu tempo online sem exageros.

Mudanças simples na rotina

Pequenas atitudes são essenciais para a mudança, e você pode começá-las hoje mesmo. Para descobrir quais são seus maiores vícios, anote quais sites você verifica com frequência, e faça uma marca cada vez que você acessá-los. Assim você pode avaliar os seus hábitos.

Antes de checar seu perfil no Facebook, por exemplo, num ímpeto, faça uma pausa de um segundo e pergunte a você mesmo “Eu realmente preciso fazer isso? Por que?”. Osvícios são atitudes que tomamos sem pensar, automaticamente. A pausa não significa que você não vai acessar a sua página, mas o fará de forma consciente.

Outra dica é fazer pausas de 10 minutos a cada hora em frente ao computador para tarefas simples como escrever em um caderno, arrumar a casa e beber água.

Organize-se!

Determine um intervalo para verificar emails e redes sociais, como por exemplo, 15 minutos duas vezes ao dia. Esse limite permite que você desfrute dessas ferramentas, mas também tenha tempo para outras atividades.

Agende também algum tempo para ficar completamente desconectado. Aproveite para praticar exercícios físicos, encontrar amigos, ou passar um tempo com você mesmo, sem cair na tentação de pegar o celular.

Além disso, é importante definir quais fontes de informação são realmente fundamentais. Ao invés de ler 50 blogs que chamam a sua atenção de alguma forma, escolha apenas 10 que valham a pena.

O objetivo não é fazer com que você se desconecte de tudo. Mas sim aprender a usar o que a internet tem a oferecer de forma eficiente.

Aproveite sua passadinha nas redes sociais e conte pra gente as suas novas atitudes!

Publicado em: Carreira Solo

X CINFORM – Apresentação Arquitetura de Informação

Olá PessoALL,

Ontem estava apresentando um artigo no X CINFORM – Encontro Nacional de Ensino e Pesquisa em Informação. O evento foi muito bom, infelizmente não tive como participar nos dias anteriores, mas ouvi comentários de que foram igualmente bons.

O titulo da minha apresentação foi: Arquitetura de Informação para websites: projetando a experiência do usuário em ambientes interativos (ufa! título grande, não?)

UX EDUCATION em Salvador

Allgures UX Education é um espaço em Salvador, voltado para o aperfeiçoamento de profissionais da área de design, comunicação e TI com ênfase nas competências para o desenvolvimento de projetos que relevem a experiência do usuário (user experience-UX).

Focada na visão do desenvolvimento de produtos e serviços centrados na pessoa, a Allgures UX Education começa suas atividades com um Curso Introdutório ao Design de Interação.

Para mais informações, acesso http://www.allgures.com/auxe e se inscreva em uma das primeiras turmas.